Menu Fechar

Mitos do campismo

Quando vou de férias os comentários que mais ouço das minhas amigas são: “Ai não sei como aguentas” “É preciso gostar muito realmente” “Os pré históricos vão de férias”, que simpáticas não são? 😅

Almoço grelhado no fogão junto a uma praia deserta na Sardenha.

Ora bem, campismo não é sinónimo de falta de higiene, dores de costas e comer massa com atum! Não minha gente! O nosso campismo tem direito a fogão de dois bicos, fazemos guisados e grelhados, temos mesa com bancos e cadeiras, não é preciso comer no chão temos uma arca no carro por isso é como ter o frigorífico lá de casa, temos um colchão jeitoso e tendas grandes, fomos aumentando consoante a necessidade, para quando o campismo é selvagem podermos fazer a higiene à vontade.

O nosso equipamento na viagem à Escócia.
Uma das últimas aquisições foi um chuveiro portátil, adorei!!! É um chuveiro ligado a uma bombinha, que se coloca dentro de um recipiente com água e puf, água com pressão para o banho 😊

Temos sacos de cama quentes e extra quentes (sou muuuuuito friorenta), e o Mário fez uma surpresa e comprou para as últimas férias um aquecedor a gás, óbvio que amei, sabe tão bem!

Até aqui parece tudo bem não? 😉 Claro que não é um quarto de hotel, mas poder abrir a tenda de manhã e olhar para uma montanha, um lago ou o mar, para mim vale muito!
Acampamento selvagem na Galiza.

2 Comments

  1. Pedro

    Fantástico!
    Somos um casal habituado ao campismo e a viajar de moto. Agora vamos ser papás e estamos a estudar a hipótese de o vir a fazer de jipe.
    Querem partilhar o vosso “setup”?

    Obrigado e parabéns pelo blog!

    • mamaoverlander

      Olá Pedro!
      Parabéns pelo rebento que aí vem e pela nova fase da vossa vida =) Acho maravilhoso quererem continuar a viajar e acampar, agora a 3!
      Olha por aqui no início usámos uma tenda grande (Vango Odyssey500), porque havia a necessidade de andar com o Miguel ao colo para ele adormecer, depois quando ele tinha 2 anos passámos para uma da Decatlon 2s XXL, que dava perfeitamente para nós os 3 e chegámos a viajar com o meu sobrinho de 10 anos e cabíamos os 4. Agora com a vinda da Madalena voltámos a ter a necessidade de uma tenda alta para andar em pé, mas comprámos uma que fosse mais rápida de montar (Qeedo Villa). Usamos também um anexo 2s da Decatlon (acho que foram descontinuados), para as pausas quando está mau tempo ou sol a mais.
      Em relação ao dormir nos primeiros tempos levamos a alcofa, depois passa para o colchão de ar connosco. A alimentação nos primeiros meses e se mamar é o mais fácil eh eh a partir daí é levar a sopa já feita se for pouco tempo (temos uma arca que ajuda bastante). Se for uma viajem maior tem de se fazer pelo caminho, é preciso levar a varinha mágica atrás!
      Espero ter ajudado 😉

Deixar uma resposta