Menu Fechar

Etiqueta: campismo

Travessia dos Alpes e planeamento

Atravessar os Alpes em fora-de-estrada já era algo que há muito vínhamos a pensar. Já conhecíamos parte deles em viagens de turismo e montanhismo, mas nunca nos tínhamos aventurado além das estradas. No entanto, pelas imagens e filmes que tínhamos visto ao longo dos anos sabíamos que era uma viagem possível e impressionante de se fazer. E assim foi, 2019 seria o ano dos Alpes.

Mas agora tínhamos um problema, sabíamos que em França e Itália é permitido circulação por caminhos não asfaltados desde que não haja sinalética a proibir, mas dado que seria a primeira vez que íamos circular fora-de-estrada nesses países não fazíamos a mínima ideia das restrições que poderíamos encontrar. E nos mapas OSM e Google Earth que usamos para marcar os percursos também não tem essa informação. Resolvemos então recorrer ao Wikiloc partindo do princípio de que se alguém já lá passou é porque se pode passar!

Iniciámos o Bikepacking

Vimos agora falar-vos deste novo conceito de viagens que estamos a começar. Na realidade não é diferente do que já fazíamos, só muda o veículo que usamos. E claro toda a gestão que isso implica. Falamos pois de viagens de bicicleta. Ainda somos muito verdes nisto de modo que vamos começar por uma introdução, falar-vos de onde surgiu a ideia.

Overland nos Pirinéus

Estávamos no 11º dia de viagem, 9 dos quais em TT pelos Pirenéus. A última noite foi especialmente difícil, só conseguimos parar às 22h. Zona muito turística e com muitas interdições nos caminhos fora do principal. E o dia de hoje não parece diferente, foi aliás a pista mais turística por onde passámos, a que liga Esterri d’Aneu a Baqueira. Vale muito bonito e claro, repleto de famílias. Parece que fugiram todos para aqui! Sabia que tínhamos de sair desta zona para encontrar um local para ficar e desta vez cedinho para podermos tomar banho e fazer tudo com calma. As expectativas para encontrar um bom local a tempo e horas não eram boas, ainda tínhamos de atravessar a pista de Salardú-Arrós e possivelmente passar o túnel de Vielha e agora estava na hora do lanche! Como é costume procuramos um local onde não haja pessoas, para estarmos mais à vontade, mas tem sido especialmente difícil. Então, pouco depois de Salardú, vejo uma pista a subir pela direita e o que me chamou a atenção foi a placa. Não era de interdição como era costume, dizia “Recomendat 4X4”! Parei e fui ao mapa do Overlander. Nas imagens de satélite que tinha descarregado para o Orux mostrava um caminho que continuava a subir, mas seria transitável? Fui ver no mapa topográfico do Explore do Overlander e realmente havia uma pista e ainda com alguns 10kms! É claro que tínhamos de ir investigar! Ainda por cima com a placa a “pedir” para seguirmos por ali…

Testámos a tenda de tejadilho Overzone da Autohome

Seja qual for a atividade outdoor que estejamos a fazer, viagem em autonomia por Marrocos, montanhismo ou um simples fds num parque de campismo, a tenda é o acessório fundamental que nunca pode faltar, excetuando os casos em que se dorme dentro do próprio veículo claro. Tendo eu passado toda vida a acampar desde os cumes dos Alpes aos desertos de Marrocos, o ano passado decidi com a Ana adquirir uma tenda de teto para usarmos no nosso veículo de viagem uma pickup Isuzu. Tinha de ocupar pouco espaço no tejadilho, ser rápida de montar e ter um avançado com entrada protegida da chuva e vento. Depois de muita ponderação e comparações de caraterísticas, decidimos pela Autohome Overzone.  

Tenda de chão ou tenda de tejadilho o que escolher?

Neste artigo vamos enumerar vantagens e desvantagens de cada um destes tipos de tenda e as suas possíveis utilizações. A aquisição da nossa tenda de tejadilho é muito recente, de modo que a grande parte das nossas aventuras foram em tendas de chão, e continuam a ser quando é caso disso claro.

Dado que existem imensas marcas no mercado para cada tipo de tenda, com pormenores e qualidade diferente e consequentemente com diferentes preços também, neste artigo vamos focar-nos nas diferenças entre tipos de tenda e não nas diferenças entre marcas de tendas. Essa será uma análise interessante para outro artigo.

Viagem aos Alpes – 3ª parte

Aproveitámos os miúdos terem adormecido rápido e decidimos o que fazer nos dias de férias que nos restam! A ideia principal quando viemos era fazer o percurso pelos Alpes franceses até ao Mónaco, a partir daqui estava em aberto! Podíamos ir visitar uma cidade, ficar a fazer praia pelo sul, continuar a fazer mais offroad pelos Alpes, estavam muitas hipóteses “em cima da mesa”. Dado o tempo não estar muito favorável para praia e as cidades que tínhamos apontado não me estarem a cativar muito e ainda por cima termos de fazer muitos km até lá, decidimos continuar o offroad e assim terminar os Alpes franceses, visitar o ponto mais alto, talvez acampar por lá, visitar uma zona de lagos muito bonita, Vanoise, e terminar em Chamonix e fazer um passeio de comboio e uma caminhada! Gostei deste plano 😉

Acampar com crianças

Acampar é passar tempo de qualidade com os miúdos e com a natureza, é estarmos ali para eles, é puxar pela nossa imaginação e criatividade para brincadeiras diferentes, é suscitar neles alguns interesses que nos dias de hoje acho que ficam um pouco esquecidos na correria do dia-a-dia e no mundo das tecnologias! É contar estrelas e aprender sobre as constelações, é contar histórias para dormir a ouvir a chuva lá fora, é sentir o cheiro do campo logo pela manhã e contar borboletas enquanto tomamos o pequeno-almoço, é ser livre, é ser criança por inteiro, sem quatro paredes, é poder correr, sujar-se, sentir a natureza!

Viagem aos Alpes – 2ª parte

Chegámos entretanto ao famoso túnel de Parpillon que é assustador e incrível ao mesmo tempo! É curto, faz-se bem, mas imaginar que estamos a atravessar uma montanha daquela dimensão… 😅 A chegada ao final do túnel é muito bonita, parece a entrada num vale encantado! Acabámos por acampar mesmo ali à saída do túnel, a 2600m de altitude, um local impecável para pernoitar e com uma vista maravilhosa!

Férias verão 2018 – 3ª parte

As estradas na Escócia são estreitinhas e sempre delineadas por paisagens muito bonitas, apesar do mau tempo é impossível não salientar a beleza de tudo o que nos envolveu durante aqueles dias que viajámos por lá. Fizemos a famosa North Coast 500 que contorna toda a zona norte da Escócia e muitas outras, algumas nem têm saída mas não cansa nada ir e vir pelo mesmo caminho porque a paisagem é tão bonita que ao ir e vir pelo mesmo caminho não nos escapa nenhuma das perspectivas!